Perspectivas para a Fazenda do Arado Velho

Colagem 2.jpg

2018

✰ Projeto selecionado para representar o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 15 - Vida Terrestre no Guia IAB para a Agenda 2030

A Fazenda do Arado Velho está localizada no bairro de Belém Novo, na Zona Sul do município de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, e apresenta uma série de características naturais e artificiais, materiais e imateriais que fazem com que adquira importância tanto no contexto local quanto regional, evidenciando sua relevância ambiental, histórica, arqueológica, paisagística e cultural. A problemática que envolve a Fazenda do Arado Velho está diretamente relacionada com o seu futuro uso e ocupação, tendo em vista a então tentativa de alteração do seu regime urbanístico de rural para urbano para a viabilização de um Projeto Especial que previa a construção de três condomínios fechados na área.

O caso congrega demandas de diversos agentes e conflitos que são comuns às áreas rurais sob pressão urbana dos municípios brasileiros. Embora o modelo de ocupação urbana dispersa gerada pelos condomínios fechados seja reconhecidamente cara no que se refere à infraestrutura, prejudicial a áreas ambientalmente sensíveis e socialmente excludente, o planejamento urbano brasileiro ainda é carente de métodos que reconheçam as particularidades e explicitem os efeitos das diferentes propostas para áreas de conflito e, assim, ofereçam bases para a discussão e para o planejamento participativo.

O presente trabalho tem como objetivo a elaboração de uma metodologia de planejamento para áreas rurais sob pressão urbana, aplicada à Fazenda do Arado Velho, baseada na construção de cenários que permita lidar com a complexidade relacionada às diferentes temáticas e à visão dos diversos agentes.

 

Após análise de possíveis cenários, foi explorada a possibilidade de transformar a fazenda em um Parque Agroecológico. o qual integraria a conservação do meio ambiente à produção rural, promovendo a história e as tradições da região e preservando sua paisagem cultural.

Diagrama Metodologia - PT-01.jpg

diamante duplo

 

Estruturação das fases do trabalho, com momentos de ampliação e estreitamento do campo de visão. 

 

Diagrama Tematicas.jpg

eixos temáticos

O diagrama apresenta a síntese do diagnóstico da área, identificando as três principais temáticas que pautam o desenvolvimento do trabalho: Meio Ambiente, Cultura e Produção Rural.

 

A Expansão Urbana e o Mercado Imobiliário são identificados como relevantes questões externas. Transversais a todos esses temas, incidem questões relacionadas à Sociedade e à Legislação.

Grafico Polaridades.jpg

gráfico de polaridades​

A identificação dos cenários foi adaptada a partir do gráfico de polaridades proposto pela metodologia de Projeto por Cenários, desenvolvida por Reyes (2015). A adaptação consiste nos seguintes passos:

I - Identificação de forças motrizes que geram incertezas: valorização do patrimônio (eixo x) e valorização de uso (eixo y);

II - Identificação dos extremos, forças contrárias: degradação e preservação, uso aberto e uso restrito;

III - proposta de cenários a partir do cruzamento das extremidades dos eixos x,y, levando em consideração os pontos de vista desenvolvidos ao longo da pesquisa.

estudo de cenários​

Os cenários serão resultado da espacialização e combinação entre si das propostas existentes para área de acordo com os quadrantes, a fim de demonstrar diferentes formas de uso e ocupação que a área pode vir a receber.

As propostas identificadas nos quadrantes de preservação foram combinadas entre si e deram origem a cinco cenários, que formam um espectro que vai desde o extremo da preservação até uma profunda modificação nas características locais. Embora de extrema relevância, a proposta de Terra Indígena não foi abordada com profundidade em virtude da escassez de dados no período de desenvolvimento deste trabalho.

polaridades

temáticas

potenciais

proposta

Cenarios.jpg

visão

A Fazenda do Arado Velho como um Parque Agroecológico que integra funções ecológicas e rurais e promove a cultura e as tradições na Zona Sul de Porto Alegre, preservando a paisagem cultural do bairro Belém Novo. Um equipamento público multifuncional como elemento conectado à rede de infraestrutura verde-azul, provendo serviços ecossistêmicos.

objetivos

diretrizes

produtos

Objetivos.jpg
Arado_Plano.jpg
Atividades.jpg
Colagem 3.jpg
Colagem 1.jpg
ods-15.jpg

Guia IAB para a Agenda 2030

Projeto selecionado para representar o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 15 - Vida terrestre

https://www.iabsp.org.br/?noticias=projetos-e-planos-selecionados-para-a-2a-edicao-do-guia-iab-para-a-agenda-2030

MEIO AMBIENTE, IMAGINÁRIO E CULTURA

Perspectivas para a Fazenda do Arado Velho, em Porto Alegre

 

Camila Bellaver Alberti

Trabalho de Conclusão de Curso em Arquitetura e Urbanismo UFRGS 2018

orientação: Profa. Dra. Eugênia A. Kuhn e Profa. Dra. Geisa Z. Rorato

para informações atualizadas sobre a Fazenda do Arado Velho, acesse o site do movimento Preserva Arado.